Novo canal de agendamento via Whatsapp   |   16 98101 8290
Agendamento Online  |  16 3236 5554
Agendamento Online  |  16 3236 5554
 Documento sem título
 
Audição e Tontura
Doenças do Ouvido / Perda de audição

Existem vários tipos de perda de audição. Podem ocorrer em qualquer idade e, quando descobertas precocemente, possuem chances maiores de melhora. Podem ser de 3 tipos:

a) Condutiva:
o nervo da audição (vestibulococlear – VIII par) e a cóclea (órgão responsável por transformar o som em estímulo para o nervo da audição) funcionam bem, mas o som tem dificuldade/impedimento de passar do meio externo para a cóclea (exemplos: rolha de cerume, secreção na orelha, calcificação dos ossículos da orelha, tímpano perfurado).

b) Sensorioneural (ou neurossensorial): há um problema na cóclea e/ou VIII par.

c) Mista:
ocorre quando o paciente possui os dois tipos de perda juntas Os tratamentos variam para cada tipo de perda. Em algumas situações, apenas medicações como antibióticos e antiinflamatórios são sufucientes. Porém, há perdas de audição que a correção demanda cirurgia. Por fim, para perdas em que os tratamentos acima não trazem benefícios, os aparelhos auditivos são indicados.

Tontura (Vertigem)

São chamadas popularmente de "labirintite". A maioria é causada por problemas no órgão do equilíbrio, que se encontra no ouvido interno. Os sintomas principais são: queda para os lados, náusea e vômitos, perda auditiva associada, sensação de pressão nos ouvidos e zumbido. A "labirintite" geralmente está associada a problemas como pressão alta, diabetes, distúrbios da tireóide, colesterol e triglicérides. Os tratamento variam conforme a causa, porém o controle dos problemas acima é sempre necessário, asociado ou não a medicamentos.




Responsável Técnica Saúde. Dra. Carolina Brotto de Azevedo - CRM 134100
© 2018 - Clínica Otobelle. Todos os direitos reservados. Opção Comunicação